«

»

Nov 23

Restringir demais pode atrapalhar sua perda de peso

Acesso imediato ao Curso Gratuito!

Digite seu nome e e-mail:

Odiamos Spam! Sua privacidade será mantida.

Restringir demais pode atrapalhar sua perda de peso

balança

Neste processo de perda de peso e gordura corporal muito se fala em gastar mais calorias e consumir menos calorias. Este fato é verdade e é chamado de déficit calórico negativo. É fundamental manter-se em déficit para, progressivamente ir cada vez mais perdendo gordura e peso. No entanto, pensar somente desta forma pode ser muito simplista uma vez que, o nosso corpo não é uma “matemática pura” e sim uma “biologia.” Particularmente sou muito a favor da contagem calórica por ser desta forma o norteamento de qual deve sua ingestão de calorias diárias e conseqüentemente, da qualidade destas calorias ingeridas.

No artigo de hoje quero lhe ensinar que uma restrição calórica muito severa pode atrapalhar seus planos de perda de peso e gordura ao invés de ajudá-lo.

Como?

A questão será demonstrada utilizando-se o auxílio da “matemática biológica”, ok?! ;)

Quando é feito uma restrição muito severa de alimentos na busca pela perda de peso, ocorre uma fenômeno de desidratação muito forte e a redução de gorduras, contribui com uma pequena parte apenas. Por isso, para se perder peso gordo de forma saudável e que realmente dá certo, é preciso alimentar-se e não o contrário. Deixe-me lhe explicar porquê.

Como funciona?

Quando a pessoa passa a reduzir muito seu consumo de alimentos, ela está obviamente reduzindo o consumo de carboidratos, gorduras e proteínas. Desta forma, o corpo passa a diminuir suas reservas de energia (gorduras), e a idéia a princípio poderia ser esta: “estou reduzindo a quantidade de comida, então meu corpo passará a diminuir suas reservas também e desta forma irei emagrecer…” Esta forma de pensar, acredite, não está errada pois, é realmente isto que acontece. O corpo em privação de alimentos passa a utilizar de suas reservas para se manter vivo e a ironia do destino é que, aí é que começam os erros…

O nosso corpo utiliza muito o nutriente chamado glicose para se manter. Músculos, cérebro, pulmões, etc consomem glicose de forma constante. A reserva deste nutriente é feita no fígado e nos músculos e recebe o nome de glicogênio, sendo portanto, glicogênio hepático (no fígado) e glicogênio muscular ( nos músculos).

Acontece que para cada 1 g de glicogênio estocado são necessários por volta de 3g de água. A nossa reserva de glicogênio é muito mais limitada do que a de gorduras, ou seja, depleta-se rapidamente.

Quando uma pessoa passa a ingerir menos carboidratos , obviamente sua reserva, glicogênio, irá diminuir e conseqüentemente a pessoa perderá muita água. Você já pode ter visto isto acontecer quando lutadores em vésperas de competição perdem peso rapidamente para o dia da pesagem.

Em um período de 3 dias é possível ver a depleção de carboidratos e desidratação que o acompanha, por isso a perda de peso rápida. (Nas primeiras semanas…)

A reserva de proteína é feita nos músculos e esta reserva cai muito também nas primeiras semanas. O corpo passa a depender mais ainda das reservas de gordura e passa a consumi-las, só que, ele consome cada vez menos gorduras, além de produzir um composto chamado corpo cetônico, que passa a se acumular no sangue e aumenta ainda mais a perda de água.

Nesta altura o corpo está mais fraco, com menos massa magra, consumindo cada vez mais lentamente sua reserva de gorduras, produzindo muito corpo cetônico, e desidratado. Uma pessoa não consegue sustentar esta situação por muito tempo (considerando alguém que leva uma vida normal ok?!) e volta a alimentar-se normalmente, só que, desta vez o efeito sanfona irá acontecer e a conseqüência deste rebote é que ela irá aumentar ainda mais sua gordura corporal e seu peso pois, seu corpo ficará hidratado novamente e seu gasto energético diário será menor devido à perda de massa magra, além de obviamente aumentar novamente suas reservas de glicogênio.

Como ocorreu perda de músculos também, a taxa metabólica de repouso (ver artigo Faça seu corpo funcionar a seu favor, vale a pena) passa a ser menor, portanto, este regime de privação intensa de alimentos desacelerou seu consumo básico de energia e por isto, os alimentos que a pessoa consumia antes e voltou a consumir novamente irão fazer com ela acumule ainda mais gorduras.

Para a grande maioria das pessoas, perder mais de 1,8kg de gordura por semana é praticamente impossível!

Deixe eu te explicar

Na literatura científica, é postulado que para oxidar (ou seja, queimar) 1g de gordura é necessário algo em torno de 7,7 kcal até 9 Kcal. Considerando 7,7kcal, um equivalente calórico de 3500Kcal corresponderia a 0,45kg de gordura e portanto, para se perder 0,45kg de gordura são necessários um déficit calórico de 3500kcal.

Agora vamos considerar uma pessoa que possui uma taxa metabólica de repouso de 2500kcal por dia. Se ele fizer um jejum absoluto, ele poderá perder no máximo, algo em torno de 0,32kg de gordura por dia. Novamente, acontece que, sem alimentos o corpo começa a proteger-se reduzindo o metabolismo corporal entre 20% a 25% fazendo com que a taxa metabólica de repouso do atleta passasse a ser 2000kcal por dia. Isto levaria ele a estado em que o máximo de gordura que ele poderia perder por dia seria algo em torno de 0,26kg! Ou seja, em uma semana de jejum ele perderia no máximo 1,8kg. Se ele decidisse se exercitar intensamente ele com certeza iria aumentar a perda de peso porém, nesta circunstâncias, isto seria um sofrimento e o desconforto por isto tornaria impossível sustentar esta perda por um período prolongado.

Concluindo

Fazer uma restrição severa de alimentos pode atrapalhar seus objetivos de perda de peso e definição corporal pois, o corpo perderá massa muscular, ficará desidratado, passará a queimar menos gordura por dia, fará você sofrer e rapidamente abandonar este plano. Além disto, assim que decidir voltar a uma alimentação balanceada, o retorno de todo o peso perdido poderá ser maior do que era antes, acontecendo o famoso efeito sanfona. Portanto…

Para emagrecer e definir o corpo, é necessário alimentar-se corretamente e não ficar sem comer nada…

Um grande abraço e até a próxima!

  • Busque por promoções de tênis, camisetas e artigos esportivos em nosso site!

Receba as atualizações deste Blog em seu email. Clique aqui.



This site is protected by WP-CopyRightPro